12 de jan de 2013

Prédio residencial atrai gestora de comercial

A expansão da presença de condomínios que oferecem serviços personalizados aos moradores atraiu a atenção de empresas especializadas no segmento comercial.

A consultoria Cushman & Wakefield, de gestão imobiliária, que atuava em comerciais, decidiu atender também os residenciais.

Já foram contratados 16 empreendimentos no Brasil, dos quais seis serão entregues em 2013. A meta será dobrar até o fim do ano.

A infraestrutura dos prédios está mais elaborada, com clubes, academias e áreas comerciais, segundo Celina Antunes, presidente da empresa. "São necessários profissionais com preparo para a gestão destes complexos."

Residenciais cada vez menores em localizações nobres e com serviços são o novo nicho em São Paulo, segundo Ricardo Stella, da construtora e incorporadora Trisul.

Um de seus empreendimentos, por exemplo, de unidades com áreas de cerca de 32 m² a aproximadamente 66 m², tem academia, spa, pub, lavanderia e outros serviços pagos conforme o uso.

O trabalho do síndico não chega a ser anulado, de acordo com Carlos Valladão, presidente da Eugenio, agência especializada em marketing imobiliário. "O trabalho muda, mas não deixa de existir."

*

Com que roupa eu vou?

Executivos de moda descrevem seus figurinos para a noite da virada

Sergio K., dono da grife Sergio K.: A bermuda é prática para pular as sete ondas e a camisa sobre a camiseta, para o vento da noite.

Amir Slama, estilista, fundador da Rosa Chá: Rio, no Copacabana Palace: Vou de branco, calça Claudio Gomes (vintage), antiga, que uso apenas na virada, camisa Comme des Garçons e sapatos Prada.

Fernanda Calvet, diretora da Clinique no Brasil: Réveillon no Rio: bata branca (paz e saúde) e short jeans azul (serenidade), da Le Lis Blanc; sandálias amarelas (prosperidade), da Arezzo, unhas vermelhas (paixão) e calcinha verde (esperança de ser mãe de novo).

Patricia Cavalcanti, diretora da Daslu: Quis algo "sofisticadespojado", uma blusa curta com saia longa bordada da marca. "Além do branco, vendemos muito dourado, prata e bordado neste ano", diz.

Luciana Marsicano, diretora-geral da Tiffany&Co. no Brasil: Escolheu um longo estampado da Farm para acompanhar brincos da grife.

Riccy Souza Aranha, dona da Mixed: Vai usar longo, mas pensou também em vestir um macacão de crepe branco que foi 'best-seller' na loja neste ano. Segundo a empresária, as vendas da peça subiram mais de 50% para a data. Para completar, "uma rasteira, uma maxi bijuteria e uma flor branca, se o cabelo não estiver bom por causa do calor".
Fonte: http://www1.folha.uol.com.br